+

Programa de Pós-Graduação em História

 

AGENDA DE DEFESAS POR WEBCONFERÊNCIA
Realização via "Google Meet" - Convidados deverão permanecer com seus microfones desligados durante toda a defesa. Os nomes dos participantes ouvintes interessados em declaração para ouvinte serão coletados até 30 minutos após o início da defesa.

 

 
Mestrando: WILLIAM GEOVANE CARLOS
Título da Dissertação: ALFRED ROSENBERG: VIDA E AUTORREPRESENTAÇÃO ATRAVÉS DE SEUS DIÁRIOS
Orientador: Dr. João Fábio Bertonha
Data: 07/07/2020
Horário: 16h00
Local: O link será disponibilizado com até 30 minutos de antecedência.
 
Mestrando: JOSÉ MARCO BARBIZAN
Título da Dissertação: TUNEIRAS DO OESTE – A FORMAÇÃO DE UM MUNICÍPIO ENTRE DOIS PROJETOS DE COLONIZAÇÃO.
Orientador: Dr. Lúcio Tadeu Mota
Data: 30/07/2020
Horário: 14h00
Local: O link será disponibilizado com até 30 minutos de antecedência.
 
Mestrando: ALFEO SEIBERT FILHO
Título da Dissertação: A EXPEDIÇÃO DE REINHARD MAACK EM 1933-1934 NO INTERIOR DO PARANÁ.
Orientador: Dr. Lúcio Tadeu Mota
Data: 29/07/2020
Horário: 14h00
Local: O link será disponibilizado com até 30 minutos de antecedência.

 

"Nota do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da UEM sobre a política de bolsas de estudos do CNPq." 

 

O Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da Universidade Estadual de Maringá (CCH/UEM) manifesta sua preocupação e indignação com a decisão do CNPq em elaborar edital de bolsas PIBIC tomando como referência a Portaria N. 1.122 de 19/3/2020. A portaria, em si, já é uma excrescência, pois desequilibra o sistema de ciência e tecnologia do Brasil, apontando áreas de referências em detrimento de outras, como faz com as Ciências Humanas, a Educação, as Letras e as Artes.

A efetivação desta política do CNPq irá comprometer danosamente o PIBIC que, como um dos raros consensos no Brasil, é considerado o melhor programa de bolsas de incentivo de jovens pesquisadores à Ciência criado no País, com reconhecimento nacional e reputado como exemplar pela comunidade acadêmica internacional. Ademais, caso ganhe efeito a Portaria N. 1.122 de 19/3/2020, serão afetadas drasticamente as atividades dos docentes e discentes das humanidades, colocando em risco todo o esforço realizado nas últimas décadas.

A produção de conhecimento nas áreas de humanidades tem tido um crescimento significativo no Brasil, expresso na qualidade de publicação de livros, periódicos e produção cultural, com amplo reconhecimento nacional e internacional.

Adotar políticas restritivas, como o quer o CNPq, em nada contribui para o desenvolvimento científico brasileiro, além de prejudicar as áreas de conhecimento que produzem e divulgam o que há de mais importante para o pensamento econômico, educacional, social e cultural do Brasil.

Basta de políticas restritivas e discriminatórias contra às Humanidades. Todo apoio às Ciências Humanas, Letras e Artes.

 

Maringá, 06 de maio de 2020. 

 

EDITAL Nº 016/2020-PPH-RETIFICADO

Abertas as inscrições para concorrer a bolsas de estudos de Mestrado e Doutorado

 

Atenção! 

 Resultado de imagem para Atenção

PORTARIA Nº 004/2020-PPH